LEHMA

Pesquisadores

O Laboratório de Ecologia Humana (LEHMA) é coordenado pela pesquisadora Célia Futemma, do Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais da Unicamp.

Coordenadora

Célia Futemma

PhD em Ciências Ambientais pela Indiana University (EUA) e Mestrado em Antropologia Cultural pela Tulane University (EUA). Pós-Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (USP-PROCAM)/Indiana University (EUA). Pesquisadora do NEPAM e Professora do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade (NEPAM- IFCH) - UNICAMP. Áreas de interesse são: governança ambiental e dos recursos comuns, desenvolvimento rural sustentável, análise institucional, antropologia ambiental e ecologia humana, biomas Mata Atlântica e Amazônia.

Pós-Doutorandas

Daiana Carolina Monteiro Tourne

É Engenheira Florestal (UFRAM) e Mestre e Doutora em Ecologia Aplicada (ESALQ-USP). Atualmente, está vinculada ao NEPAM (UNICAMP) como pesquisadora de pós-doutorado no projeto AGENTES com bolsa FAPESP. Trabalha com geoprocessamento, ecologia da paisagem e modelagem de sistemas terrestres buscando sempre incluir o componente social em suas análises. Tem experiência em trabalhar com comunidades rurais da Amazônia.

Marina Londres

É Engenheira Florestal (ESALQ-USP), Mestre em Ecologia e Manejo de Floresta e Doutora em Sociologia/Antropologia (University of Florida, EUA). Está vinculada ao NEPAM (UNICAMP) como pesquisadora de pós-doutorado no projeto AGENTES com bolsa FAPESP. Trabalha com temas na Amazônia, Governança de Sistemas Socioecológicos, movimentos sociais, entre outras áreas de interesse.

Pesquisadores colaboradores

Cristina Adams

Professora Associada da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da Universidade de São Paulo (USP). Docente do Bacharelado em Gestão Ambiental e dos programas de Pós-Graduação em Modelagem de Sistemas Complexos (EACH), Ecologia Aplicada Inter-unidades (ESALQ/CENA) e Ciência Ambiental (PROCAM). Líder dos grupos de pesquisa (CNPq) em Ecologia Humana de Florestas Neotropicais e Governança Florestal.

Eduardo S. Brondízio

Distinguished Professor do Departamento de Antropologia e Diretor do CASEL (Center for the Analysis of Social-Ecological Landscapes)- Indiana University, EUA. Pesquisador Colaborador do NEPAM e Prof. Colaborador do Doutorado em Ambiente e Sociedade - UNICAMP)

Links:
INDIANA UNIVERSITY BLOOMINGTON: http://www.indiana.edu/~anthro/

Google citations: https://scholar.google.com/citations?user=Jvk86vEAAAAJ

Fábio de Castro

Professor sênior do CEDLA, Faculdade de Humanidades da Universidade de Amsterdã (UvA), Holanda. É coordenador do Programa de Mestrado em Estudos Latino-Americanos e presidente da Associação Holandesa de Estudos Latino-Americanos e Caribenhos (NALACS). Suas atividades de ensino e pesquisa estão relacionadas a questões ambientais e sociais na América Latina, incluindo políticas ambientais, movimentos socioambientais, justiça ambiental e sistemas de produção sustentáveis. Ele é co-PI do projeto de pesquisa AGENTES que foca em sistemas de produção sustentáveis individuais e coletivos na bacia amazônica.

francisco-andrade.jpg

Francisco Alcicley Vasconcelos Andrade

Doutor em Ambiente e Sociedade pelo NEPAM/UNICAMP. Mestre em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia – PPGCASA/UFAM. Graduado em Administração pela Universidade Federal do Amazonas. Licenciado em Geografia pela Universidade do Estado do Amazonas. Tem experiência nos temas: turismo, gestão, comunidades rurais amazônicas, governança, agricultura familiar, meliponicultura.

Gabriela Silva Santa Rosa Macedo

Doutora em Ambiente e Sociedade pelo NEPAM/UNICAMP. Mestre e Graduada em Agronomia pela Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP. Tem experiência nos temas: pesquisas socioambientais, sistemas agroalimentares, sistema socioecológico, sistemas agroflorestais, governança territorial, desenvolvimento rural sustentável e agroecologia.

Luciana Gomes de Araújo

Pesquisadora de Pós-Doutorado do Instituto de Energia e Ambiente, Universidade de São Paulo (IEE-USP). Doutora em Ambiente e Sociedade pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP - 2014). Pesquisa nas áreas de Gestão e Conservação de Recursos Naturais Comuns (pesca, Unidades de Conservação e florestas) e Governança de Sistemas Socioecológicos.

Rosely Alvim Sanches

Bióloga, mestre em Ciências e doutora em Ambiente e Sociedade. Autuou na coordenação da Campanha 'Y Ikatu Xingu e capacitação em gestão territorial junto às associações indígenas e comunitárias. Coordenou os estudos do Mosaico de Unidades de Conservação da Terra do Meio – Xingu (PA) e Jureia-Itatins (Vale do Ribeira, SP).

Estudantes de Pós-Graduação

Marina Eduarte Pereira

Socióloga e cientista política (IFCH – Unicamp), especialista em Direito Ambiental (FSP – USP), mestre em Ciência Ambiental (Procam – USP). Técnica do Centro de Projetos da Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente (SMA – SP). Doutoranda no Nepam – Unicamp e pesquisadora do Lehma

Nathalia Moreira dos Santos

Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (USP), Mestrado em Sistemas Costeiros e Oceânicos pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). É doutoranda em Ambiente e Sociedade, trabalhando com Governança de Resíduos Sólidos. Tem atuação em projetos ambientais envolvendo distintas temáticas, incluindo ferramentas do sensoriamento remoto e geoprocessamento.

Raquel da Costa Silva

Doutoranda em Ambiente e Sociedade pelo NEPAM/UNICAMP. Mestre em Ecologia e Conservação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Graduada em Ciências Biológicas – Licenciatura Plena pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO) com graduação-sanduiche na Laurentian University (LU), Canadá. Atualmente é colaboradora interna do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), atuando na equipe técnica-científica do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP). Possui experiência em etnoecologia e coexistência humano-fauna, comunidades quilombolas, educação ambiental, levantamento e monitoramento de mastofauna e políticas públicas para conservação da biodiversidade."